23.3.09

 
Algumas ideias para um ECD alternativo II


1) Reduzir os requisitos mínimos para acesso à carreira

Não se conseguindo identificar com clareza quais são as características dos professores que levam a melhores resultados dos alunos, restringir o acesso à profissão a candidatos com médias de curso ou com resultados em testes de entrada acima de patamares elevados pode acabar por ser contraproducente. Sobretudo num contexto de redução de salários e de menor prestígio da profissão, como é o caso actualmente, o que irá restringir ainda mais a diversidade de professores que poderão ser seleccionados. Pelo contrário, é importante ter uma abordagem o mais inclusíva possível, considerando à partida de um conjunto de professores bastante alargado.


2) Não reduzir os salários de entrada na profissão

Além disso, para se poder considerar um grupo de candidatos o mais qualificado possível, é necessário oferecer salários de entrada competitivos. Assim criam-se incentivos para aqueles que tem melhores alternativas noutras profissões, o que será o caso em determinadas áreas científicas. Caso contrário, a interacção das restrições ao acesso com o menor interesse da carreira levará a uma selecção adversa dos professores do futuro. Em todo o caso, dado o carácter deprimido do mercado de trabalho em Portugal, até os actuais salários não serão desincentivos para grande parte dos aspirantes a professores.


3) Alargar o período probatório

No entanto, dada a heterogeneidade dos novos professores, é preciso dar tempo suficiente para a sua avaliação antes do fim do período probatório. Actualmente, este período é de cerca de um ano, o que parece manifestamente insuficiente para uma avaliação rigorosa das capacidades de um professor e fazer a triagem necessária antes de oferecer segurança no emprego. Com o reduzido período probatório actual, factores transitórios como uma turma particularmente boa ou particularmente má podem facilmente levar à aprovação (rejeição) para o quadro das escolas de maus (bons) professores.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?