29.7.08

 
Começam as avaliações do novo Código do Trabalho...

"[...] esta reforma não vai alterar substancialmente a natureza das leis do trabalho; continuarão complexas, difíceis de aplicar, irrealistas muitas vezes, e marcadas pela sua origem corporativa em que o Ministério do Trabalho parece querer ser a direcção de recursos humanos da economia portuguesa." (Abel Mesquita, coordenador de direito de trabalho da sociedade de advogados PLMJ; Diário Económico, 22 de Julho)

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?