11.4.08

 
Externalidades da educacao

Saber se os efeitos da educacao/escolaridade de cada pessoa se restringem a essa mesma pessoa ou sao mais alargados (em que uma ou varias pessoas beneficiam da educacao que outros obtiveram), e' fundamental para a definicao de varias politicas educativas. No segundo caso esta-se na presenca de "externalidades positivas", uma situacao em que a intervencao publica pode aumentar o bem-estar, nomeadamente atraves de subsidios 'a educacao.

Num trabalho recente que escrevi ("Firm-Level Social Returns to Education", co-autorado com Jim Jin e a ser publicado no "Journal of Population Economics"), encontra-se evidencia destas externalidades para Portugal. A analise e' baseada em informacao de varios milhares de empresas portuguesas ao longo dos anos 1990; a abordagem baseia-se no potencial de aprendizagem criado atraves da interaccao entre trabalhadores de niveis de educacao diferentes empregados na mesma empresa.

As estimativas sugerem que o efeito social da educacao e' aproximadamente igual ao efeito privado: Enquanto que um ano adicional de educacao de cada individuo aumenta os seus salarios em cerca de 7%, um ano adicional da media de educacao das pessoas com quem se trabalha tem o mesmo efeito.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?