18.10.06

 
Grupo de Trabalho para a Avaliação das Escolas

Uma iniciativa do Ministerio da Educação, lançada este ano, que tem como objectivos "estudar e propor os modelos de auto-avaliação e de avaliação externa dos estabelecimentos de educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário, e definir os procedimentos e condições necessários à sua generalização, tendo em vista a melhoria da qualidade da educação e a criação de condições para o aprofundamento da autonomia das escolas" - http://paginas.fe.up.pt/~jfo/gt-aval/

Sao objectivos ambiciosos. Alguns talvez os considerem impossiveis de atingir, dada a abordagem aparentemente centralizadora e exclusivamente qualitativa do processo de avaliacao, como descrito em alguns dos elementos disponiveis no site.

Pessoalmente, parece-me fundamental centrar a avaliacao em provas de afericao com um peso significativo no resultado final de cada aluno; e, por outro lado, despender mais esforco no sentido de quantificar algumas dimensoes dos "inputs" em cada escola (comecando com variaveis basicas como "alunos por turma", "nivel de rotatividade dos professores", "despesa por aluno", etc).

Aguardemos pelo final de 2006, a data prevista para a apresentacao das conclusoes do grupo de trabalho.

Comments:
A CAF (Common Assessement Framework) - traduzido em português, Estrutura Comum de Avaliação- é um modelo de análise organizacional, baseado no modelo de Gestão de excelência da EFQM (European Foundation for Quality Management), que aplicado de forma contínua e sistemática, permite à Escola realizar um exercício de auto-avaliação a custos reduzidos.
Diversas Escolas já estão a implementar a CAF:

Externato Cooperativo da Benedita,
Escola Secundária da Amadora,
Escola Secundária Damião de Goes,
Escola EB 2,3 Pêro Alenquer,
Escola Secundária José Gomes Ferreira de Benfica,
Escola Secundária Leal da Câmara,
Escola Secundária de Caneças,
Escola Secundário Pedro Nunes,
Escola Secundária de Fonseca Benevides,
Escola Secundária IBN Mucana,
Escola Profissional Agrícola D.Dinis,
Entre outros.
A avaliação é fundamental para uma preparação da avaliação do Ministério da Educação e da própria Inspecção Geral da Educação.
A CAF é um modelo que abrange muitas das áreas da avaliação do ME, isto porque o modelo piloto do ME é baseado cinco domínios chave:
• Resultados educativos
• Prestação do serviço educativo
• Organização e gestão escolar
• Liderança
• Capacidade de auto-avaliação e de progresso da escola

A CAF avalia praticamente todas estas áreas como por exemplo a organização e gestão escolar, a liderança e a auto-avaliação.
Com a CAF as Escolas poderão reforçar a sua capacidade de auto-avaliação, utilizando um modelo abrangente e sistemático de avaliação organizacional, que potencie ainda mais a gestão do seu desempenho organizacional, nas suas várias vertentes, no sentido da melhoria contínua.

Aqui estão dois links sobre o nosso trabalho das escolas neste âmbito:
http://dn.sapo.pt/2006/08/06/sociedade/escolas_antecipam_avaliacao_estatal_.html

http://www.qualidadeonline.com/cgi-bin/jqoselectseccao.pl ?tipo=opiniao&linha=364&seccao=ensino

Cumprimentos,

Melissa Marmelo
Consultora CAF
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?